11/03/2024

Campanha incentiva destinação do Imposto de Renda para projetos sociais em Chapecó

Campanha incentiva destinação do Imposto de Renda para projetos sociais em Chapecó

Até R$ 15 milhões do Imposto de Renda dos chapecoenses podem permanecer no município, colaborar com projetos e movimentar ainda mais o setor econômico

Nesta segunda-feira (14), a Secretaria da Família e Proteção Social da Prefeitura de Chapecó promoveu o café da manhã da campanha de destinação do Imposto de Renda aos fundos especiais. A iniciativa, que ocorreu no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, é a primeira entre diversas ações que estão programadas pelo grupo de trabalho em parceria ainda com o Sindicato dos Contabilistas de Chapecó (SINDICONT), o Portal Social da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC).

O objetivo foi explicar como destinar recursos do Imposto de Renda para fortalecer projetos sociais de Chapecó e melhorar a condição de vida de crianças, adolescentes e idosos. Durante o encontro, a campanha lançou material de conscientização que apontou que os chapecoenses podem destinar até R$ 15 milhões do Imposto de Renda para projetos sociais.

“É simples, não tem muitos mistérios, basta na hora de fazer a declaração dizermos sim”, afirmou a secretária da família e proteção social, Isabel Machado, sobre a destinação da parte do Imposto de Renda. “As entidades em Chapecó realizam um trabalho maravilhoso, digno de reconhecimento pela formação cidadã e capacitação para o futuro. Acredito profundamente nesse esforço coletivo, que já vem sendo desenvolvido por muitas mãos ao longo do tempo. É nossa responsabilidade agora ampliar e fortalecer ainda mais essa iniciativa.”

Conforme evidenciou o gerente regional do SESI, SENAI e IEL, Jardel Carminatti, milhões de reais disponíveis poderiam ser direcionados para programas sociais em Chapecó e também movimentariam o setor econômico local. “O impacto econômico para a cidade é notável devido à circulação financeira gerada pelos projetos. Como cidadãos, podemos contribuir e obter esse retorno por meio de benefícios fiscais. Os recursos são recebidos pela entidade, beneficiando os indivíduos, e toda a atividade econômica agregada, como o comércio e a indústria do município.”

“Um evento como o de hoje tem o propósito de conscientizar a sociedade e as empresas sobre a possibilidade de ajudar utilizando recursos do próprio Governo Federal, sem a necessidade de destinar valores próprios ou das empresas para tais fins,” evidenciou o coordenador do Portal Social da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), Dalvair Angheben. O coordenador ainda destacou que as leis de fomento foram criadas com esse intuito, visando aliviar a carga tributária e direcionar o dinheiro para projetos conhecidos e valorizados pela comunidade local. “É essencial apoiar iniciativas locais, onde conhecemos o impacto direto do investimento, ao invés de permitir que recursos sejam levados por empresas e projetos externos, sem sabermos como serão aplicados.”

O presidente do Sindicont, Carmo Alex, mencionou o crescimento do engajamento com a doação e as boas expectativas para este ano. “Cada vez mais, percebemos um aumento no interesse das pessoas em direcionar parte do seu imposto de renda para fundos sociais. O Sindicont movimenta os associados, incentivando a promover essa prática entre os seus clientes.” O presidente apresentou um passo a passo de como realizar a destinação do imposto de renda.

Para a gerente de projetos e captação de recursos do Hospital Regional do Oeste, Vânia Maria Lovera, o Portal Social da ACIC respalda os projetos de entidades regionais e é uma ferramenta de marketing. “Já apresentamos oito projetos. Finalizamos um que executamos e inclusive prestamos conta; temos dois que estão em fase de execução e três que foram captados os recursos em tempo recorde. Foram captações entre seis ou sete meses.” Vânia referiu que as empresas de Chapecó reconhecem o valor dos projetos que estão hospedados na plataforma e investem no futuro da região.

PORTAL SOCIAL

O Portal Social é uma estratégia para as entidades arrecadarem valores para desenvolverem suas atividades e realizarem atendimentos com maior efetividade e resultados. Os projetos gerenciados pela Prefeitura de Chapecó são os que captam recursos do Fundo Infância e Adolescência (FIA) e do Fundo Nacional do Idoso (FNI). A próxima ação é conscientizar a população para a destinação dos valores por meio das porcentagens permitidas no Imposto de Renda.

Sindicont - Sindicato dos Contabilistas de Chapecó

Av. Getúlio Vargas, 1403-N . Sala 208
Edifício Dom Ricardo - Centro
Chapecó - Santa Catarina
CNPJ: 01.661.831/0001-77

Desenvolvido por BRSIS