19/11/2018

Controle da produção e do estoque é tema de curso promovido pelo Sindicont

Controle da produção e do estoque é tema de curso promovido pelo Sindicont

A partir de 2019 os estabelecimentos industriais ou a eles equiparados pela legislação federal e os atacadistas com faturamento abaixo de R$ 78 milhões terão que entregar à Receita Federal o chamado Bloco K – uma das partes de informação do Sped Fiscal que se constitui no livro eletrônico de Registro de Controle da Produção e do Estoque. Esse livro destina-se à escrituração dos documentos fiscais e de uso interno da empresa, correspondentes às entradas e às saídas, à produção e às quantidades referentes aos estoques de mercadorias.

Para contribuir com o entendimento e para o correto preenchimento do Livro Registro de Inventário (Bloco H) e do Livro Registro de Controle de Produção e do Estoque (Bloco K), o Sindicato dos Contabilistas de Chapecó (Sindicont), por meio do Projeto Educação Continuada (PEC), promoveu na última semana o curso “Sped Fiscal – Prático (Preenchimento Bloco K e Bloco H). O instrutor, Joao Adriano Philipps, esclareceu dúvidas e repassou procedimentos e dicas para facilitar o dia a dia dos profissionais envolvidos, diminuindo eventuais contingências fiscais.

As empresas já informam, anualmente, o Bloco H, ou seja, o registro de inventário contendo o saldo, em valores, de estoque. “O Bloco K é o livro de produção e estoque e terá que ser enviado mensalmente, informando a composição do estoque, ou seja, o controle de estoque terá que ser mais efetivo”, alertou Philipps. Existem duas versões de entrega: a simplificada, na qual é preciso informar apenas o saldo de estoque, e a completa, que exige informações das ordens de produção. “No ano que vem a maioria das empresas entregarão a versão simplificada. Porém, para fazê-la precisa ter a versão completa funcionando, porque senão a versão resumida terá falhas”, frisou o instrutor.

A assistente fiscal da Azeplast, Débora Rauber Nunes, participou do treinamento para se preparar melhor para o início dos envios em janeiro de 2019. “Todo curso foi novo para mim e muito importante para começar a aplicar o Bloco K e ajudou também nas questões do Bloco H”. O auxiliar contábil da Cooperativa Regional Itaipu, Gabriel Junior Zamignan, disse que não atua diretamente com o Sped Fiscal, mas auxilia o setor com todas as informações necessárias. “O curso foi de grande valia, aprimorei conhecimentos e esclareci dúvidas. Tive um aproveitamento muito bom”.

Philipps comentou que a contabilidade será o avaliador das informações para enviar as informações de maneira correta à Receita Federal. Por isso, é necessário um trabalho de alinhamento com as empresas. “O problema é que as pessoas ainda aguardam prorrogações. A maioria das empresas tem muita desinformação e isso preocupa porque já estamos em novembro e muitas indústrias ainda usam software de comércio, que faz nota fiscal e não a gestão interna necessária para a entrega de um Bloco K correto”.

Foto 01 – Contabilistas de Chapecó e região participaram da capacitação

Foto 02 – Joao Adriano Philipps esclareceu dúvidas dos contabilistas

Foto 03 – Curso ocorreu em Chapecó nessa semana
Sindicont - Sindicato dos Contabilistas de Chapecó

Av. Getúlio Vargas, 1403-N . Sala 208
Edifício Dom Ricardo - Centro
Chapecó - Santa Catarina
CNPJ: 01.661.831/0001-77

Formas de pagamento - MOIP
Desenvolvido por BRSIS